Agência Brasil

Mais de 500 mil trabalhadores ainda não tinham sacado o abono salarial PIS/Pasep 2022, referente ao ano-base 2020, até esta quarta-feira (6). Os pagamentos começaram em 8 de fevereiro, e os beneficiários têm até 29 de dezembro para fazer o saque. Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, o montante é de R$ 523,2 milhões. Sendo:

  • 157.575 abonos do PIS, somando R$ 133,4 milhões; e
  • 403.498 abonos do Pasep, somando R$ 389,8 milhões

O PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado, e pago por meio da Caixa Econômica Federal. Já o Pasep, destinado aos servidores públicos, é pago pelo Banco do Brasil. Ao todo, o abono salarial será pago a mais de 24 milhões de trabalhadores – e 98% deles, segundo o ministério, já sacaram o benefício.

Quem tem direito?

Tem direito ao abono salarial PIS-Pasep quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias, no ano-base de pagamento.

É preciso ainda estar inscrito no PIS-Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Os beneficiários podem sacar o dinheiro até o dia 29 de dezembro. G1