EC Vitória

Titular na estreia do Vitória na Série B do Brasileiro, Marco Antônio não poderá seguir no time por ordens médicas. O zagueiro de 22 anos lesionou o joelho esquerdo e ficará afastado de três a quatro semanas para realizar tratamento.

Ele está fora do próximo compromisso rubro-negro, contra o ABC, domingo (23), às 18h, no estádio Frasqueirão, em Natal, e deve desfalcar a equipe também diante de Londrina, Ceará, Botafogo-SP e Atlético-GO.

“Marco Antônio teve uma entorse. Fez exame de imagem, que evidenciou uma lesão no tendão”, explicou o coordenador médico do Vitória, Luís Filipe Fernandes, ao site do clube. “O prazo mínimo é de três a quatro semanas”, reforçou.

De acordo com o comunicado divulgado pelo Vitória, o jogador passará por novo exame após duas semanas para ser reavaliado. Marco Antônio já iniciou o tratamento na Toca do Leão. Ele se machucou durante o triunfo por 3×0 contra a Ponte Preta, no Barradão, no último domingo (16), na estreia da Série B.

Na ocasião, o zagueiro de origem foi escalado como primeiro volante por técnico Léo Condé. O técnico já havia utilizado ele nessa posição em duas oportunidades anteriormente, contra Bahia e Ceará, na Copa do Nordeste, e o elogiou pelo desempenho diante da Ponte Preta.

“O Marco Antônio entrou muito bem no Ba-Vi e contra o Ceará também. A gente vinha trabalhando, revezando ele e o (Diego) Fumaça, só que o Fumaça sentiu uma lesão e oportunizou o Marco Antônio jogar. Tenho certeza que é um jogador que vai nos ajudar muito”, afirmou Léo Condé após o jogo contra a equipe paulista.

Para atuar no meio-campo junto com Rodrigo Andrade e Giovanni Augusto, Marco Antônio venceu a concorrência com o volante Léo Gomes, titular como primeiro homem durante o primeiro trimestre. Único volante entre os reservas no jogo de estreia da Série B, ele deve ficar com a vaga contra o ABC. Outra opção para a função é Pedro Bicalho, que está recuperado de contusão e treina normalmente.

Dono da preferência do técnico Léo Condé, o volante Diego Fumaça foi contratado após as eliminações no Campeonato Baiano, Copa do Brasil e Copa do Nordeste, mas lesionou a coxa esquerda durante o amistoso disputado contra o Bahia de Feira, no último dia 8, e ainda não está à disposição, apesar de ter apresentado evolução no tratamento. O jogador já corre em volta dos campos e faz atividades na academia do clube.

Destaque na campanha de acesso à Série B do Brasileiro no ano passado, Marco Antônio perdeu espaço no time nesta temporada e tentava recuperá-lo. O prata da casa fez os quatro primeiros jogos do ano como zagueiro titular, sob o comando de João Burse, mas depois só voltou a reaparecer no onze inicial com Léo Condé, na função de volante, já desempenhada por ele nos tempos da base. No total, Marco Antônio vestiu a camisa vermelha e preta este ano 11 vezes, oito delas como titular. Correio da Bahia