Foto : Marcos Corrêa/PR

A médica Raissa Soares será a nova secretária de Saúde de Porto Seguro, anunciou ontem (18), o prefeito eleito da cidade, Jânio Natal (PL). A doutora ganhou notoriedade após defender o uso precoce da hidroxicloroquina no tratamento contra a Covid-19. O medicamento já foi reprovado em diversos testes para conter, prevenir ou tratar a doença.  Apesar das evidências científicas contra o medicamento, Raissa ganhou apoio do presidente da República, Jair Bolsonaro, e chegou a ser convidada para eventos no Palácio do Planalto, onde discursou. “Pacientes, população: vocês não precisam mais se desesperar com o vírus. Não estou dizendo que o vírus não mata; estou dizendo que nós temos algo embasado em mentes brilhantes que estão aqui representadas”, disse Soares, em setembro, quando o país já acumulava mais de 22 mil mortos pela doença. Uma das primeiras medidas de Raisa em Porto Seguro, segundo Natal, será distribuir o “kit Covid”, um coquetel de remédios que, sem nenhuma base na ciência, impediriam o contágio. O pacote tem vitaminas, além do medicamento anita e da hidroxicloroquina, que pode agravar distúrbios no coração. A ideia, segundo o prefeito, é que pessoas mais pobres tenham acesso aos fármacos.