gov ba

O governador Jerônimo Rodrigues se pronunciou diante do imbróglio entre os deputados Fabrício Falcão (PCdoB) e Paulo Rangel (PT) na disputa pela vaga no conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Em entrevista à imprensa na terça-feira (16), o petista afirmou “arcar” com todos os seus compromissos após Fabricio alegar ser o candidato do chefe do Palácio de Ondina ao TCM. Para jornalistas, Jerônimo ressalta ainda que a vaga é da “assembleia”.

“Todos os meus compromissos eu arco. Não tem nada escrito, nada combinado de que eu me anteciparia. Outra coisa, essa vaga é da assembleia. É importante que a assembleia, como um todo, tenha um posicionamento. Eu respeitarei, trabalharei com a unidade. Será um marco no governo a questão da unidade. Eu vou trabalhar para que o nome que a assembleia possa enviar para mim seja um nome mais legítimo de consenso”, disse Jerônimo na inauguração de um posto de atendimento provisório na Estação Pituaçu do metrô.

“É difícil a gente ter o 100% em algumas ações. Vou trabalhar pra que isso aconteça. O nome de Fabrício e o de Paulo Rangel são dois bons nomes, um do PT e um do PCdoB, mas a gente vai trabalhar para que possamos ter uma unidade e vermos como vamos construir as participações dos partidos nesses cargos indicados tanto do governo como em outros lugares”, complementa. Bahia.Ba