- Foto: Divulgação / PAE

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, participou da inauguração do Complexo Eólico Novo Horizonte, em Boninal, na Chapada Diamantina. Durante o evento, o chefe da pasta comemorou a entrega do novo parque. Pelo segundo ano consecutivo, o estado mantém a liderança da produção de energia eólica do país e segue avançando com a instalação de mais empresas do setor.

Alexandre Silveira participou do evento ao lado de autoridades do estado. De acordo com o ministro, a inauguração do parque eólico é a prova de que o “Brasil voltou ao mapa de investimentos global”. O empreendimento já está em operação e ocupa uma área de 2,7 mil hectares, o suficiente para abastecer até um milhão de residências no país.

“Inaugurar um parque eólico dessa proporção com investimentos de uma grande empresa argentina é a demonstração de que o Brasil voltou com o mapa de investimento global, graças à liderança do presidente Lula e graças ao diálogo que voltamos a ter com a sociedade civil, organizada com os prefeitos e com os governadores. A sinergia e alegria simbolizada muito no sorriso do povo baiano é a demonstração mais inequívoca de que voltamos a acreditar no Brasil”, afirmou Silveira.

O complexo reúne 10 parques eólicos e abrange os municípios de Novo Horizonte, Boninal, Ibitiara, Piatã, Oliveira dos Brejinhos e Brotas de Macaúbas, com um total de 94 aerogeradores distribuídos em 10 parques e capacidade total instalada de 423 MW (Megawatts). O empreendimento atingirá dois milhões de megawatts/hora de energia entregue por ano, o equivalente a uma redução anual de mais de 500 mil toneladas de CO2. Metro1