planalto

Ministros do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) possuem “salários turbinados devido ao acúmulo de funções”, segundo o j0rnal O Globo. De acordo com a reportagem, o salário de um chefe de pasta já está no patamar de R$41.650, mas, quando associados a cargos extras, os indicados podem chegar a receber R$28 mil de gratificações. Na última quarta-feira (2), o ministro da Educação, Camilo Santana, passou a ser o Conselheiro Fiscal do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). No órgão são realizadas até seis reuniões mensais e a participação em cada uma delas gera uma gratificação de R$4,7 mil aos participantes. Sem revelar dados do quanto é a gratificação de quem integra o Conselho de Administração Binacional do Itaipu, o órgão é o que possui maior integrantes ministeriais compondo o grupo. São eles: Fernando Haddad(Fazenda), Rui Costa (Casa Civil), Alexandre Silveira (Minas e Energia), Esther Dweck e Mauro Vieira (Relações Exteriores). bahia.ba