Motoristas que trafegam no trecho da BA-001, entre Santa Cruz Cabrália e Belmonte, municípios da região sul da Bahia, reclamam da cratera que foi aberta, por causa do rompimento de um aterro depois de uma chuva forte que caiu na região, no domingo (8).

A cratera apareceu perto ao distrito de Santo Antônio e o povoado do Guaiú. O trânsito de veículos está parcialmente interditado desde segunda-feira (9).

Ônibus e caminhões estão proibidos de passar pelo local. Só carros pequenos e motocicletas podem transitar na rodovia, mesmo assim, com bastante cuidado. Por causa da interdição, é preciso fazer um desvio para o acostamento e depois voltar a trafegar na rodovia.

O funcionário público Roberto Santos encontrou a cratera quando passava pela rodovia no domingo. Ele parou o veículo que dirigia e improvisou uma sinalização.

“Eu passei aqui no domingo, às 14h, e vi que estava se formando um buraco. Eu comecei a sinalizar [a pista] com galhos, com algumas pedras, que estavam aqui no local, mas foram poucas. Eu espero agora que tomem providência, porque são duas cidades que dependem dessa BA”, contou.

Por causa da cratera, os ônibus estão deixando os passageiros próximo ao buraco e eles precisam atravessar o buraco pelo acostamento e pegar um outro transporte coletivo.

“Em pouco tempo ela [manilha] vai detonar o restante [da pista] e a gente vai ficar sem passagem para Belmonte e as outras cidades próximas daqui. Belmonte e Barrolândia vão ficar muito mais longe. A população depende muito dessa pista”, reclamou o motorista e empresário Carlos Alberto Moreira.

De acordo com a Prefeitura Municipal de Santa Cruz Cabrália, uma manilha que transporta a água do rio da região quebrou e a terra que fica em cima do anel cedeu junto com o asfalto.

Engenheiros da Secretaria de Infraestrutura do Governo do Estado da Bahia (Seinfra) já estiveram no local para fazer análises na cratera. Uma empresa responsável pela obra começou a fazer os reparos no trecho, na tarde desta última terça-feira (10). A previsão é de que o serviço seja concluído até o final desta semana. G1