Nesse fim de semana, centenas de famílias Sem Terra ocuparam latifúndios em três regiões na Bahia. A primeira ação foi uma reocupação na fazenda Mata Verde, no município de Guaratinga, no Extremo Sul do estado, com cerca de 118 famílias. As informações são do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Outras duas áreas foram ocupadas na madrugada deste domingo (23). Cerca de 200 famílias ocuparam 4 mil hectares de terras improdutivas na região do Salitre, em Juazeiro, no norte do estado. Já na região Baixo Sul, camponeses e camponesas fizeram a ação no município Jaguaquara, onde cerca de 200 famílias ocuparam a fazenda Jerusalém. O Movimento Sem Terra na Bahia reivindica as áreas ocupadas para fins de Reforma Agrária. As ações fazem parte da Jornada Nacional de Lutas em Defesa da Reforma Agrária, que tem como lema: “Contra a Fome e a Escravidão: por Terra, Democracia e Meio Ambiente”, que reafirma a centralidade da luta pela terra no Brasil.