A digital influencer Laiza Mattos, mulher do cantor e deputado federal Igor Kannário, decidiu desabafar nas redes sociais após criticas por ter aceitado fazer o parto do pequeno Líam no Albert Sabin, maternidade pública situada em Cajazeiras, Salvador. Em vários vídeos, ela explicou que pretendia ter parto normal na Mansão do Caminho, mas não pode.

“Não queria fazer, mas teve que ser e foi pelo bem do meu filho. A escolha da maternidade foi minha. Aí vem um monte de gente falar merda, só porque está com raivinha do meu marido. Não teve esse negócio de prioridade lá. Fui tratada bem como todas as gestantes. Não é porque sou mulher de quem eu sou que não vou ter onde eu quiser ter meu filho. Prefiro mil vezes ter num lugar que sei que vou ser tratada bem, do que pagar uma fortuna num hospital e ser só mais uma pagante. Vi lá amor e cuidado. Não vi babação de ovo”, pontuou.

Em seguida lembrou que seu marido não é banco. “Se eu quisesse ter particular eu teria. Eu tenho pai, mãe, meu trabalho. Não é só porque meu marido é deputado federal que eu vou ter no melhor hospital do mundo. Vou ter onde eu quiser”.