Foto: Joilson César / Ag Haack / Bahia Notícias

Secretário estadual Desenvolvimento Urbano (Sedur), Nelson Pelegrino se colocou, por ora, fora da disputa pela prefeitura de Salvador. Na quinta-feira (5), durante a 30ª Convenção Anual da Ademi-BA, na Praia do Forte, ele disse, contudo, que, caso o governador Rui Costa (PT) opte, ele pode entrar em campo para concorrer ao Palácio Thomé de Souza. Neste contexto, ele comparou o gestor estadual ao técnico do Flamengo, o português Jorge Jesus.

“O governador é nosso Jorge Jesus. É ele quem escala. Eu estou no banco. Ele tem um escrete ai no time principal. Mas eu penso que nós temos que definir a candidatura do PT, e acho que o governador é o técnico. Ele vai escalar a equipe e acho que temos condições de ganhar esse campeonato”, disse à imprensa.

Pelegrino crê que o partido não pode demorar para escolher o nome para a disputa. “Quem tem muitos, não tem nenhum. Acho que chegou a hora da gente afunilar. Meu nome, no momento, está fora da disputa. Eu assumi o compromisso com o governador de ficar até o final do governo”, avaliou. Bahia Notícias