As 81 câmeras de reconhecimento facial da Secretaria de Segurança Pública (SSP) instaladas em locais próximos ao acesso aos circuitos de carnaval, em Salvador, flagraram e levaram à prisão 77 pessoas ao longo dos sete dias de folia na capital baiana. Através da tecnologia, é possível que o  Sistema de Reconhecimento Facial da SSP analise cerca de 30 rostos simultaneamente e, num curto intervalo de tempo, identifique se algum deles se trata de um foragido da polícia. Os policiais comandam o sistema por uma sala e recebem um alerta de identificação quando a semelhança entre o foragido e a pessoa identificada é superior a 90%. Ao todo, o sistema já auxiliou nas prisões de 716 criminosos com mandados de prisão.