Foto: Reprodução/TV Bahia

Quarenta e três pessoas morreram em 41 acidentes com ônibus nas rodovias federais da Bahia, entre os dias 1° de janeiro e 11 de abril deste ano. Os dados foram informados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O último registrado pela PRF foi na BR-101, em Teixeira de Freitas, no extremo sul do estado, quando um ônibus de turismo que saiu do Rio de Janeiro com destino a Porto Seguro, tombou. Nove passageiros morreram e 23 ficaram feridos.

O delegado responsável pela Delegacia de Teixeira de Freitas, Moisés Damasceno, teve acesso a um vídeo feito logo após o acidente. Após assistir às imagens, o delegado contestou a versão apresentada pelo motorista do veículo.

Nove pessoas morreram e 23 ficaram feridas após um ônibus de turismo tombar na quinta-feira, na BR-101, no trecho da cidade de Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia. O veículo saiu do Rio de Janeiro e estava a caminho de Porto Seguro.

Uma batida entre um caminhão e um ônibus de turismo deixou 24 pessoas mortas e cinco feridas na noite do dia 7 de janeiro, na BR-324 no trecho da cidade de São José do Jacuípe, no norte da Bahia, a cerca de 290 km de Salvador.

Dos mortos, três estavam no caminhão e o restante no ônibus. A PRF informou que esse foi o acidente com mais vítimas na Bahia pelo menos nos últimos dois anos. Um acidente com um ônibus deixou 32 passageiros feridos na BR-430, no trecho da cidade de Caetité, no sudoeste da Bahia, na noite de 10 de janeiro. Seis pessoas foram socorridas em estado grave.

Uma mulher de 54 anos morreu e pelo menos 28 pessoas ficaram feridas após um ônibus tombar na noite de 7 de fevereiro, na BR-020, em trecho do município de São Desidério, no oeste da Bahia.

Vinte pessoas ficaram feridas depois que uma van e um ônibus bateram na BR-324, no sentido Salvador. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu na localidade Jaqueira do Carneiro, no bairro da Fazenda Grande do Retiro, na manhã o dia 23 de fevereiro. Oito pessoas ficaram feridas após o ônibus que estavam tombar, na manhã de 7 de março, na BR-116, em trecho da cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia. G1