O novo modelo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) começa a ser emitido nesta quarta-feira (1°). O documento tem tradução em três idiomas e poderá ser substituído à medida em que os motoristas forem renovando ou emitindo a segunda via.

A determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) foi tomada em dezembro de 2021, por meio da resolução n° 886. O g1 separou os principais pontos que mudam com a nova CNH.

  • Os condutores precisam fazer a troca pelo novo documento?

De acordo com a resolução do Contrannão há necessidade de troca imediata para o novo padrão. A substituição deverá ocorrer à medida em que os motoristas forem renovando ou emitindo a segunda via.

  • O que acontece com a CNH atual?

A entrada em vigor da nova CNH não invalida os documentos atuais, que continuam valendo em todo o Brasil até sua data de validade.

Novo modelo de CNH (à esquerda), que começa a valer em 2022, e modelo antigo (à direita), que entrou em vigor em 2017 — Foto: Reprodução

Novo modelo de CNH (à esquerda), que começa a valer em 2022, e modelo antigo (à direita), que entrou em vigor em 2017 — Foto: Reprodução

  • Documento é físico ou digital?

O documento pode ser expedido em meios físico, digital ou ambos. A escolha fica a critério do motorista. G1