BNews

A ausência do presidente estadual do PP, deputado federal Mario Negromonte Júnior, na posse dos presidentes de partidos ligados ao prefeito Bruno Reis, foi percebida por importantes atores da cena política. Não é novidade que Mario Júnior já demonstrou que quer seu partido de volta à base do governodo PT, hoje comandado por Jerônimo Rodrigues. Ele quer mostrar ao mandatário que é fiel e confiável. Dizem que o interesse dele tem motivo. A próxima vaga de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) é de procurador do órgão. O deputado teria interesse deindicar nome ligado a ele no lugar de seu pai, Mario Negromonte, que deve se aposentar em meados do próximo ano, quando completa 75 anos. BNews