agência brasil

A primeira-dama, Janja Lula, usou as redes sociais nesta terça-feira (12) para publicar uma nota sobre o ataque hacker sofrido por ela no X (antigo twitter). “É comprovado que nós, mulheres, somos as que mais sofrem com os ataques de ódio aqui nas redes. O que eu sofri ontem é o que muitas mulheres sofrem diariamente”.

A conta da primeira-dama foi invadida por volta das 21h30 de segunda-feira (11). Depois disso, o hacker fez publicações ofensivas contra Janja, o presidente Lula e o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal — a conta tem mais de 1 milhão de seguidores.