Crédito: Haeckel Dias/ PC

Uma operação conjunta entre as polícias do Distrito Federal, São Paulo e Bahia cumpriram mandados na quinta-feira (28) contra organizações criminosas que fazem extorsão por meio da internet. Os policiais cumpriram cinco mandados de busca e apreensão e prisões temporárias na Bahia e em São Paulo. Segundo informações da Polícia Civil do DF, a organização criminosa extorquia pessoas que acessavam conteúdo sexual em grupos do aplicativo de troca de mensagens. Os grupos eram criados pelos criminosos, para atrair as vítimas, principalmente moradoras do Distrito Federal, que atuavam em importantes cargos públicos e familiares de autoridades públicas. Após identificar vítimas que possuíam tais características, os criminosos aprofundavam as pesquisas por meio de acesso indevido em bases de informações sigilosas pertencentes à segurança pública. Durante os contatos e conversas, os criminosos exigiam sucessivas transferências de Pix. Durante as investigações, foi constatado que os criminosos operavam distribuídos pelos municípios de Feira de Santana, Salvador, Pirituba (SP) e São Paulo e tinham conexão com facções criminosas nesses estados.