Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Após o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), sinalizar que o avanço do tema é uma prioridade do Legislativo, o senador Otto Alencar (PSD-BA) fez uma defesa contundente ao fim da reeleição no país. “É necessário e importante acabar com a reeleição em todos os níveis no Brasil! A partir de 2030 eleições gerais com mandatos de 5 anos para todos, inclusive, senadores. Permanecendo como está, teremos em breve uma forte ameaça à democracia e às instituições”, pregou o parlamentar baiano, no sábado (23), por meio das redes sociais. “Ou acaba com a reeleição ou ela acaba com o Brasil”, avaliou. Correligionário de Otto, Pacheco disse, na sexta-feira (22), que irá tratar como prioridade a formulação e aprovação de projeto para instituir o fim da reeleição para o Executivo no país. O presidente do Senado, no entanto, informou que a medida não deve valer para o atual mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e de outros governadores e prefeitos, mas seria adotada adiante.