instagram

A família do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que foi indiciado pela Polícia Federal sobre as vendas ilegais das joias sauditas, deve lançar os nomes para disputar o Senado em 2026. Com um senador eleito, o filho ‘01’ de Bolsonaro, Flávio, que completará oito anos de mandato, prazo máximo para permanecer no cargo, concorrerá à reeleição pelo Rio de Janeiro.

Nos bastidores, especula-se que a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro e o deputado federal Eduardo (PL-RJ) também vão entrar na briga pela cadeira no Congresso Nacional. A presidente do PL Mulher disputará o cargo pelo Distrito Federal e o filho ‘03’ por São Paulo.

O PL, segundo a coluna Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, vem realizando pesquisas para dimensionar o potencial de Michelle como candidata à Presidência da República. A decisão, no entanto, ainda está indefinida. O ex-mandatário, por sua vez, defende o nome do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), para enfrentar uma eventual reeleição do presidente Lula (PT).

O filho ‘02’, Carlos Bolsonaro, que atualmente ocupa o cargo de vereador na Câmara do Rio de Janeiro, deve ter o nome alçado para a Câmara dos Deputados. A situação, no entanto, ainda não é tida como certa pelo PL. Bahia.Ba