Foto: Reprodução | Redes Sociais

A secretária estadual da Educação (SEC), Adélia Pinheiro, deixou a pasta na tarde desta última sexta-feira, 5, para se dedicar à pré-campanha eleitoral de Ilhéus, sul da Bahia. O anúncio foi feito nas redes sociais da gestora, que esteve na governadoria ao lado de Jerônimo Rodrigues (PT).

“Hoje é um dia especial, dia de expressar minha imensa gratidão por cada memória, aprendizado, ato de carinho e, principalmente, pela confiança em mim depositada à frente da Secretaria da Educação da Bahia”, iniciou a titular, no seu texto de despedida.

Além da Educação, Adélia também já passou pelas secretarias da Saúde e de Ciências e Tecnologia, durante a gestão do ex-governador Rui Costa (PT), nos anos de 2015 a 2023. Ela ainda acumula experiência na reitoria da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) por dois mandatos.

Neste ano, a gestora passou a se dedicar à vida política e recentemente, se filiou ao PTcom vistas para as corridas eleitorais de Ilhéus, onde foi erradicada. Nas redes sociais, Adélia descartou a palavra “despedida” do encontro com o chefe do Palácio de Ondina e optou por chamar a novidade como “novo capítulo na construção de uma Bahia.”

“Iniciei o dia ao lado do governador Jerônimo Rodrigues e de colegas do Governo do Estado para uma reunião de alinhamento nesse momento que não é uma despedida, mas um novo capítulo na construção de uma Bahia cada vez melhor e mais justa. Agradeço ao governador pelo apoio e confiança de sempre. Seguimos juntos no compromisso com nosso povo baiano!”, concluiu.

Com a exoneração de Adélia, há uma expectativa de que a chefe de gabinete da secretaria, Rowena Brito, assuma o comando da pasta. Ela atua na área desde a gestão de Jerônimo Rodrigues (PT) na Educação, em 2019, e é bem quista pelo chefe do Palácio de Ondina. A Tarde