O pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (União Brasil), disse que está preparado para governar a Bahia com qualquer presidente escolhido pelos brasileiros em outubro deste ano, em discurso durante o evento do Mobiliza Salvador no bairro da Liberdade, realizado nesta terça-feira (26). Neto ainda ressaltou que o responsável por enfrentar os problemas do estado é o governador, e não o nome que ganhará a disputa nacional.

“Em 2012, eu enfrentei esse mesmo discurso falido. E mostrei que o prefeito tem que ser retado, tem que trabalhar, tem que ser competente. Agora, acontece a mesma coisa. Temos aí pré-candidatos que falam mais dos seus padrinhos do que de si próprios. E aí, volto a dizer: quem é que, a partir do dia 1° de janeiro, será cobrado para resolver o problema da saúde pública com a fila da regulação? Para que a Bahia deixe de ser a campeã nacional de desemprego? Para colocar bandido na cadeia e devolver a paz às famílias da Bahia? Quem vai ser cobrado por tirar a Bahia da lanterninha da educação?”, questionou.

Neto enfatizou que não vai transferir responsabilidades ou se esquivar da busca pelas soluções para melhorar a vida dos baianos nas 417 cidades do estado.

“A pessoa que vai ser cobrada de tudo isso é o próximo governador do estado. E eu não tenho medo de desafio, não transfiro responsabilidade, não fico procurando desculpas, nem culpados. Se eu tiver a oportunidade de ser governador, eu vou trabalhar com qualquer presidente que o Brasil venha escolher, como fiz durante oito anos na minha gestão em Salvador. Avançamos, aposentamos de vez esse discurso antigo e agora não tem jeito, porque o povo já é consciente disso”, salientou.

No evento, o pré-candidato esteve acompanhado pelo deputado federal Cacá Leão (PP), que concorre ao Senado, pelo prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), pela pré-candidata à Câmara dos Deputados, a vereadora Roberta Caires (PP), pelo deputado federal Elmar Nascimento (União Brasil) e diversas lideranças políticas do estado.

Neto também falou sobre a parceria com Cacá Leão no Senado Federal. “O senador é a maior voz em defesa do nosso estado no Congresso Nacional. O Senado é lugar de colocar um cara competente, preparado, experiente. E a gente vai criar história porque, dessa vez, a Bahia vai escolher o senador mais jovem de todos os tempos”, ponderou.

Este é o terceiro encontro do Mobiliza na capital baiana. Depois de caminhar por mais de 185 cidades do interior do estado com o projeto Pela Bahia, Neto retomou, este mês, uma agenda intensa de eventos para conversar com a população de Salvador. Correio da Bahia