Foto.: Beto Barata/ PL

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, comparou seu colega de partido, Jair Bolsonaro, ao presidente Lula (PT) em uma entrevista recente ao jornal regional O Diário, da região de Mogi das Cruzes e do Alto Tietê. Em sua fala, Valdemar exaltou Lula, afirmando que “não tem comparação” com Bolsonaro.

“Lula é um camarada do povo, ele é completamente diferente do Bolsonaro. E é um fenômeno também, por ter chegado aonde chegou”, disse, quando perguntado sobre a diferença dos dois líderes políticos antagônicos.

Valdemar conviveu com Lula durante o primeiro mandato do petista na presidência, entre 2002 e 2006, pelo fato de o então vice-presidente ser José Alencar, também do PL. O comandante do partido, inclusive, foi o responsável pela articulação para que Alencar fizesse chapa com Lula.

Sobre isso, Valdemar afirmou que teve uma ‘boa convivência’ com o presidente da República e reconheceu que o petista foi bem no governo: “convivi bem com o Lula também, por causa do José Alencar, que era vice-presidente. Nós fizemos parte do governo, o Lula foi bem no governo também, e elegeu a Dilma depois. […] [Ele] é completamente diferente, não tem comparação com o Bolsonaro”.

Questionado sobre quais as diferenças fundamentais entre Lula e Bolsonaro, o líder do PL afirmou: “o Lula tem muito prestígio; ele não tem o carisma que o Bolsonaro tem. O Lula tem prestígio, popularidade, ele é conhecido por todos os brasileiros.”

Além disso, ainda durante sua fala, Valdemar também criticou o ex-juiz suspeito e atual senador Sergio Moro (União-PR), afirmando que, enquanto juiz, Moro ‘passou do limite da lei’ para ser presidente: “ele já está pagando por isso, vai ser cassado”. Brasil247