Bocão News

Quinze mortes foram registradas nesta última quinta-feira (10), em Salvador e Região Metropolitana. Um dos índices mais altos desde que começou a suposta greve de um grupo de policiais, ligados ao deputado Soldado Prisco. Os dados são do boletim da secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP).

Conforme a SSP, trinta óbitos foram registrados deste terça-feira (8), quando iniciou o movimento paredista de alguns policiais. As localidades que mais registraram mortes foram Camaçari e Praia Grande, ambos com três homicídios. Ainda de acordo com o boletim, 14 vítimas são do sexo masculino e uma é do sexo feminino.

Identificadas como Alisson Lembraça Alves, 29 anos; Maicon Douglas Coutinho Pereira, 21; Wenderson das Neves dos Santos, 19; Emerson Vasconcelos Santos, 20; Aracy dos Santos Rovenat, 46 anos, e dez homens de identidade ignorada. Além desses, dois homens foram vítimas de atentados contra a vida e sobreviveram a tentativa de assassinato. Bocão News