EC Bahia

As seis derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro fizeram o Bahia terminar 2020 em crise e na beira da zona do rebaixamento. Nesta quarta-feira, o Tricolor faz o seu primeiro jogo em 2021, contra o Grêmio, em Porto Alegre, com a missão de buscar reabilitação e não correr o risco de entrar no Z-4 nesta rodada. Para isso, se movimentou nos bastidores e conta com destaques do sub-20 para reforçar um elenco em baixa.

Na última segunda-feira, o Bahia anunciou a chegada do ex-goleiro Renê para coordenar o futebol do clube. Renê teve participação marcante na campanha que resultou no acesso para a Série A em 2010 e tem grande identificação com o clube. Dentre outras funções, é visto como um profissional capaz de fazer a interlocução com os atletas e contribuir com sua experiência em campo. Tanto que já viajou para Porto Alegre.

Para o jogo de logo mais, o Bahia, como costuma fazer, não divulgou a lista dos atletas relacionados. Mas o grupo deve ter alguns destaques do time sub-20 que foi vice-campeão da Copa do Brasil da categoria. O atacante Thiago, por exemplo, não participou do segundo jogo da final e treinou com o time profissional.

Contra o Grêmio, o técnico Dado Cavalcanti, que chega ao segundo jogo no comando do time, não vai ter os suspensos Gregore e Juninho, além do lateral-esquerdo Juninho Capixaba, que está emprestado pela equipe gaúcha. Por outro lado, Daniel, Rodriguinho, Zeca e Ramon voltam a ficar à disposição. A tendência é que o Bahia entre em campo com: Douglas Friedrich; Nino, Ernando, Anderson Martins e Matheus Bahia (Zeca); Ronaldo, Edson, Ramon e Ruan Pablo Ramírez; Rossi (Thiago) e Gilberto. (Globoesporte)