Portal Salvador FM

O prefeito Bruno Reis (União Brasil) até que tentou se esquivar de comentar o cenário político atual na Bahia, sobretudo as mudanças na chapa petista. No entanto, acabou admitindo o início de um diálogo do seu próprio grupo, liderado pelo pré-candidato ao governo estadual, ACM Neto, com o PP, liderado pelo vice-governador João Leão na Bahia.

Um dos principais partidos da base de apoio ao governador Rui Costa (PT), o PP passou a considerar publicamente uma mudança de lado na Bahia após o senador Jaques Wagner anunciar mudanças na estratégia do grupo nem diálogo prévio com o PP.

“Até essa semana passada não tinha acontecido nenhuma conversa com o PP, mas essa semana ocorreu. Se for possível ter um projeto melhor para a Bahia, que possa preservar nossos arcos de alianças e transformar o estado como transformamos Salvador, as portas estão abertas ao PP”, declarou Reis.

Em entrevista coletiva, durante a assinatura de contratos com instituições vinculadas ao programa Pé na Escola em 2022, o gestor da capital baiana classificou a conversa como “muito boa”. De acordo com Reis, ambos estão avaliando a possibilidades de marchar juntos, mas até o momento não há nada sacramentado.

“Diferente da matemática, a política não é uma ciência exata. Não há como cravar uma composição ou não. Se o PP vier marchar ao nosso lado, é porque tem a certeza de que ACM Neto é o melhor para governar a Bahia”, enfatizou o prefeito. “Leão conhece profundamente a Bahia, foi deputado por 5 mandatos, 2 vezes como vice-governador, tem muito a contribuir, pode ajudar muito Neto a governar a Bahia. Leão compõe todos os requisitos para ser senador da Bahia.”

Também nesta manhã, o governador Rui Costa apontou para a continuação de diálogo com o vice-governador. “Por todo carinho e respeito que tenho por ele [João Leão], com certeza nós chegaremos ao entendimento, superando eventuais polêmicas que é natural num processo desse. Nosso grupo faz política com paixão e às vezes a temperatura sobe, a temperatura baixa, mas com diálogo se chega ao entendimento. É isso que estamos fazendo”

‘Prefeitos de geleia?’
Bruno Reis também rebateu uma crítica feita pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro, que relacionou o gestor baiano a uma lista de prefeitos os quais o deputado aponta como “geleias”. A pauta central do assunto, publicada nesta sexta-feira (11) no Twitter, é a revogação do uso de máscaras.

Na publicação, Eduardo Bolsonaro destaca uma fala de Reis na qual afirmar não haver “previsão para retirar a obrigatoriedade”. “O Eduardo Bolsonaro deveria se preocupar em garantir o pagamento dos leitos das UTIs do mês de março. Se fosse filho ou filha dele que estivesse na UTI, ele não estaria falando essas merdas que ele está falando”, disparou o prefeito. Correio da Bahia