Agência Senado

O senador Renan Calheiros (MDB) prometeu novidades após a notícia de que o empresário bolsonarista Luciano Hang patrocinou um esquema de fake news e ataque às instituições coordenado pelo blogueiro bolsonarista Allan dos Santos. “As fakes news foram causa de muitas mortes. A CPI sabe do macabro Gabinete do Ódio: muitos pagos com dinheiro público. Novidades virão”, disse Renan, que é relator da CPI da covid-19. A CPI da Covid tem em suas mãos, e deu acesso ao Jornal Nacional, a mensagens que indicam que o deputado federal Eduardo Bolsonaro intermediou o patrocínio do dono da Havan, Luciano Hang, a um programa do jornalista bolsonarista Allan dos Santos, editor do Terça Livre, que sofreu sanções por espalhar mentiras. Allan é investigado em dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) que investigam a disseminação das chamadas “fake news”, ameaças a autoridades políticas e financiamento de atos antidemocráticos.