Letícia Martins/ECB

O Bahia conquistou mais um triunfo e segue com 100% de aproveitamento no Brasileiro, jogando na Arena Fonte Nova. Após a partida, o técnico Rogério Ceni rasgou elogios a um dos responsáveis pela crescente do Tricolor na temporada, o meia Everton Ribeiro. De acordo com o comandante tricolor, o camisa 10 é o jogador mais influente do futebol brasileiro na última década.

“Da última década, é o jogador brasileiro mais influente dentro do Campeonato Brasileiro. Conquistou dois títulos pelo Cruzeiro, dois pelo Flamengo. Lógico que a carreira dele vai sempre acompanhada do condicionamento físico. A parte técnica dele é um absurdo. Everton é diferente de tudo. Um dos caras mais especiais do futebol brasileiro”, afirmou Ceni.

O comandante também utilizou a coletiva para avaliar o desempenho Tricolor em campo como positivo, mas voltou a alertar sobre as chances desperdiçadas. “Primeiro tem que se destacar por vencer, é lógico. Criamos para fazer mais gols. Não tivemos a sintonia fina para executar esses gols. Sofremos para criar um pouco melhor nos primeiros 25 minutos e a partir disso o jogo se desenhou bem”.

O treinador revelou, ainda, que seus comandados entraram em campo com energia mais baixa do que o habitual e que não conseguiu furar a defesa adversária. “Achei a energia um pouco baixa antes de entrar no jogo. Conseguimos trabalhar bem a bola, mas não conseguimos romper as linhas de marcação, voltou muito a bola, recomeçou muito, jogando muito no nosso terço de campo. Assim não adianta ter a bola”. Galaticosonline