O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou nesta segunda-feira (13) a criação da tarifa social da conta de água para moradores de cidades atingidas pelas chuvas no estado. “Nesse momento, residências ou pontos comerciais, vão gastar muita água para lavar [seu imóvel]. Então resolvemos cobrar tarifa social para todos, seja comerciante, seja casa, independente do tamanho”, afirmou. Na manhã desta segunda-feira, Rui Costa se reuniu com secretários e prefeitos de cidades atingidas pelas chuvas.

Ainda durante a entrevista, o governador detalhou como vai funcionar a linha de crédito especial para comerciantes afetados pelas chuvas. “Vamos oferecer um crédito de até R$ 150 mil, subsidiado, sem juros, com prazo de carência de 12 meses, ou seja, um ano sem pagar nada. A partir de um ano, [o pagamento será dividido em] 36 parcelas”, explicou. Segundo Rui Costa, valores acima de R$ 150 mil não serão subsidiados pelo governo estadual.

“Os valores acima de R$ 150 mil serão também concedidos com a mesma condição de carência, só não tem o subsídio, será com taxa de [Certificado de Depósito Interbancário] CDI”. Para contabilizar a quantidade de comerciantes afetados, será montado “um posto avançado do Desenbahia”. “Começaremos na quarta-feira [15] com o posto avançado do Desenbahia, que será instalado na cidade de Medeiros Neto, para receber os pedidos da região. Ao mesmo tempo, uma equipe técnica sai com o comerciante até o ponto comercial para atestar que o estabelecimento foi alagado”. G1