“João Roma, justiça seja feita, esse pelo menos tem coragem de assumir que sempre teve aliança. Os outros vestem pele de cordeiro, ocupam cargos, se reuniam, combinava as coisas inclusive perseguição com a Bahia e se esconde”. Essas foram as palavras do governador Rui Costa (PT) para elogiar a postura de João Roma (PL) em se lançar como o candidato Bolsonarista na Bahia.

Para Rui Costa, Roma tem méritos por “ser honesto”. Segundo o governador, ACM Neto (União Brasil) também é um candidato aliado a ao presidente Jair Bolsonaro (PL), mas o faz às escondidas. Esse mote tem sido conversa recorrente do PT na Bahia, falado não apenas por Rui, mas também por outros nomes como o próprio pré-candidato do partido ao Governo do Estado, Jerônimo Rodrigues.

“João Roma fala uma coisa que é correta: ele foi defenestrado do grupo porque teve coragem de dizer ‘eu quero ser ministro e não quero me esconder’. Se não quer que assuma o cargo de ministro demita os outros cargos do Dem na Codevasf, órgãos da federação. Ele tem essa coisa meritória, pelo menos assume, bota a cara na tela para ser aplaudido ou vaiado. Na Bahia, será mais vaiado que aplaudido, mas diz quem é seu presidente”, disparou Rui.

Ainda de acordo com o governador, Jerônimo Rodrigues vai crescer nas pesquisas de intenção de voto à medida em que a população baiana entender que ele é o candidato apoiado por Lula. O mais novo levantamento eleitoral do Paraná Pesquisas, divulgado nesta segunda-feira (25), o qual o BNews teve acesso, mostra que o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil) mantém a possibilida de vitória no primeiro turno, no entanto, o postulando do PT ao Palácio de Ondina, Jerônimo Rodrigues, e o pré-candidato de Bolsonaro, o ex-ministro João Roma, apresentam um crescimento.

“Eu tenho a plena convicção que quando o povo souber que Jerônimo é nosso candidato, é meu candidato, candidato de Wagner, candidato de Lula, eu acredito que o crescimento será vertiginoso. É por isso que a oposição entrou com ação na justiça para não vincular, ele quer contar com a desinformação das pessoas. O povo ainda não conhece Jerônimo, mas quando for descobrindo o povo vai tornando realidade o que a pesquisa diz. Até o final de maio pode escrever que vocês terão surpresas nas pesquisas”, previu Rui.