Foto: Reprodução/Viagem e Turismo

Salvador apresentou o melhor índice de gestão fiscal entre as capitais brasileiras avaliadas em 2020. O resultado é de um estudo da Firjan que analisou dados de mais de 5.200 municípios brasileiros. Pela pesquisa, Salvador atingiu o índice de 0,9401. Um resultado maior que 0,8 é considerado gestão de excelência. Entre as cidades baianas, as cidades que tiveram o melhor desempenho foram: Camaçari (0,9765), Salvador (0,9401) e Barreiras (0,8849). O estudo apontou que as três piores cidades foram: Antônio Cardoso (0,0645), Adustina (0,0547) e Ubaitaba (0,0300). A pesquisa informou que 50,9% das cidades baianas têm situações consideradas críticas, 35,2% difíceis e 13,9% boas ou excelentes. As prefeituras de Antônio Cardoso e Ubaitaba afirmaram que os índices são referentes a gestões passadas e que se organizam para mudar o cenário. Procura, o órgão municipal de Adustina não se posicionou sobre o número.