EC Bahia

O triunfo do Bahia sobre o Fluminense, por 2×0, no último domingo (5), na Fonte Nova, renovaram as esperanças dos tricolores na luta contra o rebaixamento. Com 43 pontos, o tricolor saltou da 17ª para a 15ª colocação e saiu do Z4.

Mas para seguir respirando no torneio, o Bahia vai ter que ligar o secador e torcer contra os adversários diretos. Neste caso, Cuiabá e Juventude, que somam os mesmos 43 pontos do Esquadrão e entram em campo nesta segunda-feira (6), contra Fortaleza e São Paulo, respectivamente.

Com a calculadora na mão, o Bahia tem alguns cenários que podem se desenhar para a última rodada do Brasileirão, quando o time baiano visita o Fortaleza, na próxima quinta-feira (9) às 21h30, no Castelão.

Confira algumas possibilidades: 

Se salvar com 43 ou 44 pontos
Restando apenas uma rodada para o fim do Brasileirão, o Bahia pode escapar da queda para a Série B até se perder para o Fortaleza. Neste caso, o tricolor teria que torcer  também por duas derrotas de Juventude e/ou Cuiabá, nos próximos dois jogos, e para que o Grêmio não vença o Atlético-MG, em casa. Dessa forma o tricolor terminaria a Série A com os mesmos 43 pontos do último rebaixado, mas seria salvo pelo número de vitórias.

Uma outra possibilidade é de que Juventude e/ou Cuiabá somem apenas mais um ponto nos últimos dois jogos pelo Brasileirão e o Esquadrão arranque um empate com o Fortaleza. Como no cenário anterior, o Bahia ficaria com 44 pontos, mas também levaria vantagem no número de vitórias.

Se salvar com 46 pontos
O Bahia pode se salvar ainda conquistando 46 pontos. Nesse cenário, o clube baiano precisaria vencer o Fortaleza na última rodada e torcer para que Juventude ou Cuiabá some, no máximo, três pontos nos dois jogos restantes. Mesmo empatado na pontuação, a vantagem no número de vitórias ainda seria do Esquadrão.

Vale destacar também que, dependendo do que acontecer nos jogos desta segunda-feira, o Bahia pode ser rebaixado até se vencer o Fortaleza. Para isso, seria necessário que Cuiabá e Juventude somassem pelo menos mais quatro pontos dos seis que ainda têm em disputa. Por isso, é importante que as duas equipes tropecem hoje para que o Esquadrão passe a depender apenas de si mesmo na rodada final.

De acordo com os cálculos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Bahia tem 55,5% de chance de ser rebaixado à Série B. A estatística é atualizada a cada rodada e leva em consideração os resultados e próximos adversários. 18º colocado, o Grêmio tem 97,5% de probabilidade de cair. (Correio da Bahia)