Foto: Luiz Carrera

Cerca de 148 mil tablets foram entregues aos estudantes do 2º ano do Ensino Médio, na Bahia. A ação foi realizada através do Projeto Conectar para Educar, da Secretaria de Educação do Estado, que investiu R$ 159.815.496 no total. A pasta afirma que o objetivo é facilitar a criação de metodologias apropriadas para o contexto tecnológico, permitindo a inclusão digital.

Os equipamentos são de uso individual, pessoal e exclusivamente pedagógico. Com chips já ativados, os tablets possuem aplicativos para estudos e ainda há bloqueios para sites e aplicativos que não possuam fins educacionais, ou não sejam indicados pelas áreas pedagógicas da Secretaria. O ato de entrega em Ilhéus contou com a presença da secretária da Educação do Estado, Adélia Pinheiro, que destacou a importância da tecnologia no processo educacional.

“São equipamentos com conectividade que dispõem de aplicativos e aplicações já instaladas, todas elas de uso pedagógico e, também, professores qualificados para a utilização. A SEC coloca o Estado na vanguarda, em uma posição que é de adequação e cumprimento à legislação, que prevê educação digital na Educação Básica. Alcançamos, com essa segunda fase, quase 149 mil estudantes. Na fase seguinte, atenderemos as salas de aula para que os professores também tenham acesso e avancemos”, afirmou.

Ao longo deste ano, demais equipamentos serão disponibilizados para atender as demandas da rede estadual, como, por exemplo, implantação do Diário de Classe Digital, que permitirá um acompanhamento mais aprofundado da vida acadêmica dos estudantes e adoção de estratégia para melhorar seu desempenho.