Divulgação

O Partido Verde está na expectativa de filiar prefeitos e lançar candidaturas fortes para disputar o Executivo em municípios baianos nas eleições de 2024. Atualmente sem nenhum gestor em seu quadro de filiados, o PV da Bahia dá como certo a entrada de ao menos oito gestores municipais nos próximos meses.

“Faremos uma grande construção. Em algumas cidades temos prefeitos com mandato que querem desembarcar no PV. Temos lideranças que estão em conversas com a gente para trazer para dentro da federação”, disse o presidente do PV na Bahia, Ivanilson Gomes, ao Bahia Notícias.

O cacique local dos verdes revelou alguns nomes que já estão em negociação com a sigla. Eles são os prefeitos de Itaparica, Zezinho Oliveira (PRD), de Mansidão, Djalma Ramos (Solidariedade), Souto Soares, André (PT), e de Uauá, Marcos Lobo (PDT).

Além destas cidades, a legenda está de olho em Juazeiro, onde anunciou a pré-candidatura do deputado estadual Roberto Carlos nesta semana. Ao todo, segundo Ivanilson Gomes, a sigla deve lançar cerca de 20 candidaturas competitivas no ano que vem.

“Atribuo esse interesse à força da federação. Acho que é o primeiro aspecto que chama atenção. Para além disso, o PV é uma legenda leve, conectada com a realidade de hoje, e que tem uma agenda muito forte no meio ambiente, que hoje é o tema mais discutido no planeta hoje”, avalia o dirigente. Bahia Notícias