A Bahia já contabiliza mais três mortes por dengue nesta sexta-feira (8), elevando o total de óbitos para 12 neste ano. Os novos casos foram confirmados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) no Sudoeste Baiano. A Sesab não confirmou o caso de Santo Antônio de Jesus, mas também não informou se ainda está em investigação. Com cinco mortes no total, o Sudoeste Baiano é a região com o maior número de óbitos por dengue no estado. A Bahia enfrenta um cenário preocupante com a dengue. A Secretaria disse que 122 municípios estão em estado de epidemia, 51 em risco e 34 em alerta. A doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti pode ser fatal se não for tratada a tempo. Para evitar a proliferação do mosquito e a disseminação da doença, é fundamental que a população adote medidas de prevenção, como: Eliminar criadouros do mosquito, como água parada em vasos de plantas, pneus e calhas, usar repelentes, usar roupas que protejam o corpo e manter as casas limpas e livres de entulhos