Foto: Isac Nobrega/PR

Apesar de estar inelegível até 2030, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) garantiu que não está “fora do jogo”. Em entrevista à revista Crusoé, o ex-mandatário comentou sobre as próximas eleições presidenciais e ressaltou que deve participar ativamente do pleito. “Sobre 2026, eu costumo dizer que só estou morto quando estiver enterrado”, comentou.

O ex-presidente foi condenado pelo Tribunal Superior Eleitoral, no mês de junho, por abuso de poder político na reunião com embaixadores em que criticou as urnas eletrônicas. A medida resultou na sua inelegibilidade pelos próximos oito anos. Durante a conversa, Bolsonaro ainda afirmou que o foco do seu partido será as eleições de 2024.

Segundo ele, a legenda estima emplacar 1.000 prefeitos próprios pelos municípios brasileiros. “Talvez a gente consiga fazer 1.000 prefeituras, essa é a meta do Valdemar [Costa Neto, presidente do PL]. Tem muito prefeito vindo para o nosso lado. No momento, estamos com um problema que todos os partidos gostariam de ter: candidatos em excesso. O que nós queremos é que a esquerda não ganhe mais municípios por aí”, afirmou o ex-presidente.

O ex-presidente tem realizado um giro de viagens pelo país para dar projeção ao PL por meio de seu nome. Nesta semana, foi para São Paulo para participar da cerimônia de filiação ao PL do vereador paulista Fernando Holiday e da influenciadora Karol Eller, amiga do filho ’04’, Jair Renan. Bahia.Ba