Fotos: Mateus Pereira/GOVBA

O sistema de emissão da nova Carteira de Identidade Nacional (CIN) foi lançado na terça-feira, 09, em evento realizado pelo Governo da Bahia na unidade do Terminal Pituaçu do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). A principal novidade é o uso do CPF de cada cidadão como número único de identificação do documento. A ideia da nova carteira é trazer segurança para o cidadão, visto que o documento agora será válido em todo o território nacional. Anteriormente, era possível tirar identidades em qualquer estado do país. Segundo a diretora-geral do Departamento de Polícia Técnica (DPT), Ana Cecília Bandeira, a CIN vai diminuir a possibilidade de fraudes e terá ‘funcionalidades importantes’. “Terá a possibilidade de incluir um único documento o título de eleitor, carteira de habilitação, certificado de reservista e informações da condição de saúde da pessoa. Se é doador de órgãos, qual tipo sanguíneo, se tem doenças preexistentes como diabetes”, disse a diretora do DPT. A nova identidade também terá, de maneira inédita, a possibilidade de ser apresentada no formato digital, podendo ser acessada através do portal do Governo Federal. A Tarde