Os suspeitos de matar o pastor Marcos José Froz de Almeida, em fevereiro deste ano, na cidade de Santo Antônio de Jesus, foram presos nesta quarta-feira (30), em Jacobina, município no norte da Bahia e que fica a cerca de 330 km da cidade onde ocorreu o crime. As informações são da Polícia Civil. Os suspeitos estavam morando em Jacobina e já eram investigados pela polícia. Em 16 de fevereiro, dia do crime, os homens seguiram a vítima e efetuaram os disparos na porta da Igreja Batista Missionária Redenção, no bairro Salomão. De acordo com o delegado Joaquim Souza, responsável pela 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santo Antônio de Jesus), as investigações seguem para esclarecer a motivação do crime e identificar se outras pessoas estão envolvidas. Os presos foram levados de Jacobina para Santo Antônio de Jesus, onde serão ouvidos e posteriormente ficarão custodiados à disposição do Poder Judiciário.