EC Bahia

O Bahia foi derrotado pelo Santos por 3 a 1 neste domingo (1) e o técnico Mano Menezes reconhece que a defesa do Tricolor teve falhas durante a partida. Ao fim do jogo, o treinador avaliou o desempenho da equipe na Vila Belmiro e comentou a atuação dos jogadores do Esquadrão de Aço nesta 19ª rodada do Brasileirão.

“Eu sairia daqui de Santos mais preocupado se a gente não tivesse jogado nada”, declarou o treinador. “Não acho que tomamos gols por falhas no sistema defensivo. Tomamos gol por falhas individuais de jogadores que jogaram no sistema defensivo. Penso que o Bahia fez um bom jogo. (…) O Bahia criou oportunidades, o Bahia jogou, o Bahia chutou duas bolas no poste, teve chances para sair daqui com a qualidade do jogo que jogou com o resultado diferente”, avaliou Mano em entrevista coletiva.

“Erros individuais sempre são difíceis de explicar e temos trabalhado bastante na conscientização dos jogadores, no comprometimento de fazer e sinto eles muito comprometidos em querer acertar”, completou o técnico. ““Hoje, por exemplo, em uma falta sem qualidade nenhuma na cobrança do adversário abrimos a barreira. E aí comprometemos uma defesa que seria relativamente fácil para Douglas. É isso que não pode acontecer, já tinha diminuído e hoje voltou acontecer”, explicou.

Mano comenta que parte desses erros foram pelo próprio cansaço que Tricolor vem tendo com a sequência de jogos. Com cinco mudanças na equipe que entrou como titular contra o Peixe, ele voltou a reforçar que o Bahia possui um elenco que permite bom desempenho mesmo com rodízios, mas que, devido o calendário de jogos, alguns atletas precisam descansar para oferecer seu melhor em campo.

“Hoje, por exemplo, em uma falta sem qualidade nenhuma na cobrança do adversário abrimos a barreira. E aí comprometemos uma defesa que seria relativamente fácil para Douglas. É isso que não pode acontecer, já tinha diminuído e hoje voltou acontecer. Talvez até em função desse desse cansaço que diminui o nível de concentração. Você não consegue em poucas horas fazer uma retomada tão forte”, comentou Mano.

“Alguns jogadores não conseguiram se recuperar na proporção que era necessário para você fazer um jogo forte como como o Santos exigiria que a gente fizesse, então não se trata de poupar para a frente, se trata de colocar os que estão melhores para render bem. Por isso que a gente fez tirou aqueles que não poderiam, ou que estariam um pouco mais desgastados, e colocou os jogadores que vinham bem”, acrescentou.

Como alguns exemplos de atuação no duelo deste domingo, o treinador destacou o desempenho do estreante Anderson Martins, de Nino Paraíba, Ronaldo e Élber.

Voltando a citar o potencial da equipe com exemplo do jogo contra o Santos, Mano completou admitindo que acredita na evolucao dos resultados, já que o Bahia vem apresentando melhora nas últimas rodadas. De acordo com ele, mantendo o ritmo como o deste domingo, o Esquadrão pode garantir bons resultados. “Acredito que a equipe vai jogar bem na quinta-feira, vai voltar a jogar o que jogou hoje e ajustando essas falhas vamos passar na Sul-Americana e depois voltar a vencer no Campeonato Brasileiro”, frisou.

O Bahia volta a jogar na próxima quinta (5), contra o Melgar, pelo jogo de volta da Sul-Americana, na Fonte Nova, às 21h30. Já pelo Brasileirão, o próximo compromisso é com o Botafogo, também na Fonte Nova, no domingo (8). (Bahia Notícias)