A TV Bahia promove, nesta terça-feira (27), por volta das 22h30, após a novela “Pantanal”, o debate entre candidatos ao governo da Bahia. O programa da afiliada da Rede Globo no estado vai reunir ACM Neto (União Brasil), Jerônimo Rodrigues (PT), João Roma (PL) e Kleber Rosa (PSOL).

O debate será mediado pela jornalista Graziela Azevedo, da TV Globo. Essa será a primeira vez que uma mulher mediará o encontro entre candidatos ao governo do estado na Rede Bahia.

Além da TV Bahia, o g1 e o Globoplay transmitem o debate ao vivo. Seguindo a lei eleitoral, foram convidados os candidatos de partidos com representação no Congresso Nacional de, no mínimo, cinco parlamentares, e sem impedimento na Justiça, seja eleitoral ou comum. Por conta disso, Giovani Damico (PCB) e Marcelo Millet (PCO) não foram convidados, já que seus partidos não têm essa representação no Congresso.

As regras do debate

O debate terá cerca de duas horas, e terá blocos com temas livres e temas determinados em sorteio, ao vivo, e as considerações finais.

O debate marca mais uma ação da Central de Eleições da Rede Bahia, que já realizou sabatinas com candidatos no g1, no Bahia Meio Dia, da TV Bahia, e nas rádios do grupo. Além de ter promovido, no g1, debates entre candidatos ao Senado e ao cargo de vice-governador.

Primeira mulher mediadora na Rede Bahia

Graziela Azevedo será a primeira mulher a comandar o debate entre candidatos ao governo na história da Rede Bahia.

“É muito bom [ser a primeira mulher]. Vale lembrar que a maioria do eleitorado brasileiro é feminino. Para mim é uma honra estar aqui, não sabia que eu era a primeira mulher a estar mediando [aqui na Bahia]. Já mediei debates em outros estados e chegar agora na Bahia para mim é muito importante. Adoro esse estado, adoro a Bahia, a cultura da Bahia. Estive aqui gravando para a série Brasil em Constituição. Estive no recôncavo, aqui em Salvador, estive com os Pataxós no sul da Bahia, eu amo muito esse estado e espero colaborar aí nessa reta final para que os eleitores tenham um bom debate, que a gente possa discutir ideais e ajudar o eleitor nessa reta final”.

A jornalista que participou da série Brasil em Constituição, do Jornal Nacional, falou sobre o momento de escolha do país e sobre a expectativa para o debate na Bahia.