PRF

A pressa e a irresponsabilidade dos motoristas nas estradas baianas voltou a crescer. Nesse período de viagem para os festejos natalinos, houve um aumento de 56% dos casos da infração em relação ao ano passado. O balanço da Operação Natal 2023, feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi divulgado pelo órgão nesta terça-feira (26).

O período, que é marcado pelo aumento de fluxo de veículos, contou com reforço na fiscalização em trechos estratégicos das rodovias e estradas federais que cortam o estado da Bahia. Além das ultrapassagens indevidas, outra infração que teve aumento de casos foi o de motociclistas sem capacete. Nesse ano, foram 63% a mais de casos do que no ano passado.

Outras infrações com aumento significativo foram dirigir alcoolizado, falta do uso de cinto de segurança por motoristas e passageiros, e falta de equipamentos adequados para transportar crianças, como a cadeirinha e o bebê conforto.

Ao todo, foram registrados 54 acidentes de trânsito no período natalino nessas estradas, com 18 mortes. A maior parte deles foi na BR-324 (29%), seguido da BR-116 (20%), e da BR-101 (18%), que foi onde mais ocorreram mortes (39%).

A Bahia teve ainda um aumento de 13% no número de automóveis recuperados durante a operação com relação a operação do ano anterior. No final do ano, a PRF fará ainda a Operação Ano Novo, que se inicia nesta sexta-feira (29), indo até a segunda feira (01). Correio da Bahia