Foto: Matheus Pereira/Governo da Bahia

Foram abertas na segunda-feira (8) as inscrições para o Programa Mais Futuro, que concede auxílio-permanência para universitários. A solicitação pode ser feita por meio de sistema online disponibilizado no endereço eletrônico do programa e no Portal Estadual da Educação. Com início em 2015, o programa beneficia com auxílio-permanência estudantes em condições de vulnerabilidade socioeconômica, que tenham famílias cadastradas no CadÚnico e regularmente matriculados em curso de graduação presencial.

Também é necessário que o candidato não tenha concluído qualquer outro curso de nível superior nas quatro universidades públicas estaduais: Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e  Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). De acordo com o cronograma divulgado no edital, a publicação da lista final de homologados deverá ser divulgada no dia 7 de junho de 2024.

Tipos de bolsas

O Mais Futuro concede três tipos de auxílio-permanência. São R$ 300 para o Perfil Básico, direcionado a estudantes que moram nos mesmos locais onde estudam, e R$ 600 voltados ao Perfil Moradia, para aqueles que moram a uma distância superior a 100 km da universidade onde fazem a graduação.

Há ainda o Perfil Complementar, que contempla estudantes beneficiários de auxílio estabelecido por atos normativos de instituições estaduais de Ensino Superior ou de entes federativos diversos que atendam aos critérios estabelecidos pelos perfis Básico ou Moradia.

O crédito do programa ocorrerá durante oito meses do ano para o estudante beneficiário do Perfil Básico e durante 12 meses do ano para o beneficiário enquadrado no Perfil Moradia. Poderá, excepcionalmente, ser acrescido o crédito de até quatro meses do ano ao estudante beneficiário do Perfil Básico, desde que comprovada uma situação de ameaça à sua permanência na universidade. Correio da Bahia