Foto: Matheus Landim/GOVBA

O governador em exercício e pré-candidato à Prefeitura de Salvador pelo MDB, Geraldo Júnior, abriu o jogo sobre a possibilidade do ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB) assumir uma secretaria em uma eventual vitória nas eleições municipais. “Quando a gente vai para um partido a gente carrega a história do partido ou leva a sua história? Eu to levando minha história para o partido. O ministro Geddel Vieira Lima não está na política, não interfere. Ele tem suas posições políticas e nós temos que respeitar. Geddel não quer ser mais candidato, Geddel não quer estar política e não será secretário do meu governo”, disse, na terça-feira (27), em entrevista à rádio Metrópole. Os rumores sobre o ex-ministro assumir um posto no governo petista começou logo após o MDB mudar de lado e desembarcar na base do governador Jerônimo Rodrigues (PT). BNews