O vereador Roger Bruno Freitas de Santana, mais conhecido como “Roger Enfermeiro”, preso por suspeita de estuprar uma adolescente de 13 anos, na cidade de Banzaê, a cerca de 215 quilômetros de Salvador, teve a filiação suspensa pelo Partido dos Trabalhadores (PT) nesta terça-feira (20).

Por meio de nota, o PT Bahia repudiou o crime e disse que presta solidariedade à vítima, familiares e a todas as mulheres que já sofreram algum tipo de violência. Ainda na nota, o partido reiterou o compromisso com o combate à violência contra a mulher.

Relembre o caso

Roger Santana foi preso por suspeita de estupro de vulnerável na cidade de Ribeira do Pombal, a 290 quilômetros de Salvador. No entanto, o crime foi cometido na cidade de Banzaê, onde o político exerce função.

O suspeito se apresentou na delegacia de Ribeira do Pombal, acompanhado de um advogado. Na unidade, foi cumprido o mandado de prisão contra ele. O vereador segue detido e está à disposição da Justiça. As circunstâncias do estupro não foram divulgadas, porque a vítima é menor de idade. A prefeitura de Banzaê ainda não se pronunciou sobre o caso. Roger é segundo secretário da Câmara de Vereadores de Banzaê. G1