Mesmo “emperrada”, a obra da Ponte Salvador-Itaparica foi citada com destaque, na quinta-feira (18), no evento em Salvador com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do governador Jerônimo Rodrigues, ambos do PT.

Um vídeo institucional do “PAC Bahia” destacou a Ponte Salvador-Itaparica como uma das iniciativas planejadas no programa, que tem recursos federais e estaduais. A obra foi, inclusive, a única citada por Jerônimo Rodrigues em seu discurso.

“A ponte, por exemplo, Salvador-Itaparica, o senhor (Lula) chegou e botou a mão em cima. Nos ajudou junto com os chineses, chegou a dialogar com Xi Jinping (presidente da China) da importância dela, e colocou dinheiro no orçamento”, afirmou o governador, durante o ato para formalizar a implantação do Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia.

Prometida em 2009 pelo então governador Jaques Wagner (PT), hoje senador, a obra da Ponte Salvador-Itaparica está emperrada. Havia a previsão de até o dia 8 de janeiro navios chineses iniciarem a sondagem em obras rasas, mas a promessa do governador Jerônimo Rodrigues não se concretizou. A obra estava orçada inicialmente em R$ 5,4 bilhões, mas saltou para R$ 13 bilhões. O governo atribuiu o aumento no custo à pandemia da Covid-19. Correio da Bahia