O tão sonhado 13º salário se tornou um pesadelo para os funcionários do Vitória neste ano de 2018. Isso porque com a crise financeira do clube, a direção Rubro-Negra conseguiu honrar apenas o compromisso da primeira parcela do “décimo”, porém atrasou a segunda que tinha o prazo máximo de pagamento até a última quinta-feira (20). Além deste atraso, o Vitória também deve alguns compromissos com atletas.

 

Um desses compromissos são os direitos de imagem, “bichos” e férias. Em contato com a direção do Leão, a redação do Galáticos Online apurou que o Vitória tentará antecipar o recebimento da primeira cota da Copa do Brasil para resolver este assunto o mais rápido possível, mas não deu nenhum prazo para quitar as dívidas com os funcionários do Vitória.

 

Tudo isso acontece por conta do impasse entre a empresa BR Foot Mídia e a CBF pelos direitos de Transmissão do Campeonato Brasileiro para o exterior. A empresa suspendeu o contrato e o pagamento aos clubes. O Vitória utilizaria o valor a ser recebido (cerca de 5 milhões de reais) para quitar as dívidas e regularizar a situação dos jogadores. A informação foi publicada primeiramente pelo “Portal ATarde” e confirmada pelo Galáticos Online.