Paula Fróes/ CORREIO

O Vitória deixou escapar a chance de entrar no G4 do Campeonato Baiano. Apático em campo, o rubro-negro perdeu para o Doce Mel, por 1×0, no estádio Barbosão, em Cruz das Almas. O jogo disputado na noite desta quarta-feira (9) marcou o encerramento da 7ª rodada e manteve o Leão fora da zona de classificação do estadual, na 5ª colocação, com nove pontos.

Restando duas partidas do fim da fase classificatória do Baiano, o Vitória não depende mais apenas das próprias forças para avançar às semifinais. Vale lembrar que o rubro-negro não se classificou para as decisões do torneio nas últimas três edições do estadual. Já o Doce Mel conquistou um feito importante para a luta contra o rebaixamento. A equipe do interior deixou a vice-lanterna e assumiu a 6ª posição, com sete pontos.

Com Dinei entre os titulares após sete meses longe dos gramados, o Vitória fez um primeiro tempo apático, viu o Doce Mel controlar as ações e sofreu o gol no finalzinho da etapa inicial. No intervalo, o técnico Dado Cavalcanti fez quatro substituições. Um dos sacados foi Dinei, mesmo após ter dito diante das câmeras que estava bem para retornar para a etapa final. Apesar das mudanças e de algumas investidas de Alisson Santos, o time seguiu com dificuldade para criar e não teve poder de reação.

O Vitória volta a entrar em campo pelo Baiano no sábado (12), às 18h30, quando visita a Unirb, no estádio Carneirão, em Alagoinhas. O Doce Mel joga contra o Bahia de Feira, no mesmo horário, só que no domingo, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana.

Bola em jogo
O primeiro lance de perigo do jogo foi do Vitória. Logo aos três minutos, Vicente cruzou para Dinei e viu o centroavante chutar para fora. E só. Essa foi a única boa investida do rubro-negro no primeiro tempo. O Doce Mel também não produziu grande coisa, porém esteve mais no campo de ataque. Ruan Bahia soltou o pé e tirou tinta da trave. Depois, o próprio Ruan Bahia cobrou falta e, na sobra, Chorinho não alcançou.

Ele deixou passar essa, no entanto foi decisivo para o Doce Mel abril o placar em jogada mais adiante. Aos 40 minutos, Chorinho aproveitou vacilo de João Pedro no meio-campo, roubou a bola, avançou, invadiu a área, deixou Alisson Cassiano para trás e cruzou rasteiro. Mateus Moraes tentou cortar, mas acabou mandando para dentro do gol: 1×0 para o Doce Mel, aos 40 minutos.

Insatisfeito com o resultado e com o futebol apresentado pelo Vitória, o técnico Dado Cavalcanti fez quatro alterações no intervalo e o Leão voltou para o segundo tempo com Ruan Nascimento, Gabriel Santiago, Erik e Alisson Santos nos lugares de Alan Santos, Jadson, Dinei e Roberto, respectivamente.

Alisson Santos tratou de mostrar ao treinador que entrou com vontade. Driblou por dentro e deixou Vicente de cara para o gol. O lateral encheu o pé, só que a bola subiu demais e passou por cima do travessão.

Depois disso, Alisson Santos apareceu novamente com perigo. Dessa vez, o prata da casa viu o goleiro Cassiano mal posicionado e mandou para o gol, contudo errou a pontaria. Não passou disso. As duas equipes produziram muito pouco, o duelo ficou sem emoção e restou esperar o apito final do árbitro. Correio da Bahia