Domingos Júnior / BNews

Ao ser questionado sobre fake news acerca da situação no Rio Grande do Sul, ditas por deputados na Câmara Federal, o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que não vai impedir nenhum parlamentar de fazer qualquer pronunciamento. “O que eu vou falar? Eu vou impedir o parlamentar de falar na tribuna? Eu vou restringir? Cada um é responsável pelo que diz e o que fala. A atividade parlamentar a gente precisa, de uma maneira ou de outra, com seus limites, ter um pouco de tolerância porque aqui nem todos pensam da mesma forma”, disse. O ministro Paulo Pimenta, da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), enviou um ofício ao ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, listando 11 postagens em redes sociais de políticos e influenciadores relacionadas às chuvas no Rio Grande do Sul. Na lista, estão o deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP), o empresário Pablo Marçal e o senador Cleitinho Azevedo (Republicanos-MG), apontados pelo governo como disseminadores de “fake news”. BNews