O senador eleito Jaques Wagner preferiu não comentar nesta segunda-feira (17) quem deve apoiar na disputa pela presidência do Senado. Ele afirmou que ainda tem tempo para se definir e prefere conversar com o partido antes de anunciar uma decisão.

 

“Tem vários nomes, vamos analisar todos os nomes pra gente saber”, comentou Wagner logo depois da sua diplomação como senador. “Eu por enquanto estou esperando conversar com o partido em Brasília.

 

Está muito cedo, tem muita gente atirando demais. Estou mais tranquilo, acho que tem tempo pra gente definir. Isso só vai acontecer no dia 1º de fevereiro”, disse.

 

No mesmo evento, o também senador eleito, Angelo Coronel, declarou que, em conversas particulares, Wagner disse a ele que deve apoiá-lo na disputa. Bahia Noticias