Joilson César / BNews

O líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT), tratou de minimizar os boatos de que a sua relação com o ministro da Casa Civil, Rui Costa, estivesse estremecida. Em entrevista ao jornal O Globo publicada na terça-feira (4), o senador disse que construiu uma história ao lado do ministro e que não vai “jogar” essa trajetória fora. Rui Costa foi secretário da Casa Civil e sucessor de Wagner no governo da Bahia. “As pessoas vivem querendo botar uma cunha (rachadura) aí. Não vou botar. Tanto faz se eu gosto mais, se eu gosto menos, se ele gosta mais ou menos. Nós construímos uma história. Não vou jogar fora. Cada um tem seu estilo. É óbvio que eu tenho um cacoete mais da política, ele tem mais o da gestão. A pergunta que tem que ser feita é se quem colocou ele lá está gostando. E eu posso dizer que sim”, disse Wagner. BNews