Agência Brasil

A primeira-dama Rosângela Lula da Silva, ou simplesmente Janja, vem chamando atenção por sua atuação destacada ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Longe de ser uma figura decorativa ao lado do marido, Janja é presença constante em reuniões, viagens e até mesmo agendas de interesse do Planalto. Um levantamento feito pelo Paraná Pesquisas mediu a opinião de leitores sobre o papel da primeira-dama no governo Lula. A atuação de Janja é aprovada por 49,4% das pessoas entrevistadas, enquanto 43,8% desaprova. Não souberam ou não opinaram são 6,8%. Deste quantitativo, o público feminino é o que mais se agrada com o trabalho de Janja. 53,4% das mulheres que participaram da pesquisa aprovam a atuação da primeira-dama. Por outro lado, 50,2% dos homens reprovam a sua influência. O levantamento dos dados foi feito através de entrevistas pessoais com 2020 eleitores, com 16 anos ou mais, em 26 Estados e Distrito Federal e em 162 municípios brasileiros entre os dias 29 de setembro e 3 de outubro de 2023, sendo auditadas simultaneamente à sua realização, no mínimo, 20,0% das entrevistas. Tal amostra representativa do Brasil atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de 2,2 pontos percentuais para os resultados gerais. (BN)