Favorável à terceirização, Zé Nunes foi vaiado em Uauá